Pages

06/10/2016

Desabafos de circulação feminina rodoviária...

Cenário desta manhã:

Acordas tarde. Andas a correr. Sais na esperança que o teu carro ganhe asas...
Na primeira oportunidade, surge uma enorme fila de carros para enfrentar!
10 minutos parada no mesmo sítio! Bolas!
Arrancas novamente. Chegas à 1ª rotunda. Queres entrar. Isso é que era bom!
Uma loira. E passa. Uma morena. E passa. Outra morena. Passa também. Fartas-te de contar cores de cabelo. E nenhuma te deixa passar. Ne-nhu-ma! Mais uns quantos automóveis no feminino. E lá vem a alma caridosa (homem) e lá te deixa passar. Gracias amigo! Raspas dali já a fumegar.

Outra fila. Obras. Trânsito alternado. Adoro! Isto está a correr maravilhosamente bem! Enquanto não te deixam passar, lá pensas - É triste! Porque é que as mulheres não deixam passar outras mulheres? Será que a cortesia é comportamento de homem? Não queria chegar a tanto. E também acredito que haja mais mulheres como eu a deixar passar carros, independentemente de quem conduz!

E o mais irritante é que esta classe de bichos estranhos da estrada, passam por ti e não têm a coragem de te olhar nos olhos. Não têm a coragem de dizer - Estou-me a borrifar para ti e mulher nenhuma me passa à frente! Cobardolas! A passar e a olhar para o lado contrário... tão triste!



Moral da história:

- contam-se pelos dedos de uma mão (já sem 2 ou 3 dedos...), as mulheres que cedem passagem na estrada, a outras mulheres.

- Vou começar a sair de peruca e bigode.




SHARE:

Sem comentários

Enviar um comentário

© A Ravioli. All rights reserved.

Design by WE BLOG YOU