Pages

27/09/2015

Ninguém entra na nossa vida por acaso... (Crónica # 29)


 
raviolicomqueijo.blogspot.com
 
 
Ninguém entra na nossa vida por acaso.
Um olhar, um aceno, um esgar,
ou toda uma vida...
Todas deixam um pouco delas em nós.
Umas pedem licença, outras irrompem desgovernadamente, sem reservas, sem pudor ou remorsos.
Uma marca, uma alegria, uma piada de mau gosto...
uma impressão digital gravada como uma tatuagem.
Marcas que vertem lágrimas, que levamos a vida inteira para secar,
que riem sozinhas e nos aquecem o coração,
que nos apertam a saudade, que lhes sentimos o cheiro, o calor, ou o olhar...
que nos fazem viver, desistir ou lutar.
 
Ninguém passa sem te ver, sem imaginar o teu íntimo, sentir o teu ego ou as tuas fraquezas.
A indiferença não existe.
Existe sim a fuga, a frugalidade, os instantes...
Marcas gravadas nas nossas páginas, escrevendo a nossa história,
a grandiosidade dos belos momentos, ou a crueldade bélica das batalhas, o que riste e o que choraste... o que vais ainda beber do coração de uns, ou da rocha de outros...
mas sempre com a certeza, de que todos foram, são, e serão importantes, e que...
ninguém entra na nossa vida por acaso.
SHARE:

Sem comentários

Enviar um comentário

© A Ravioli. All rights reserved.

Design by WE BLOG YOU