Pages

22/04/2015

Eu gatos, só nas orelhas! (Crónica #9)



Se é daquelas que não vive sem o seu gato, então estes brincos vão-lhe cair que nem uma luva!



Os gatos pretos

Gatos Pretos

Brincos da Esquerda - na overstock.com / Brincos da Direita - na Alittlemarket.com
Quase toda a gente tem medo dos gatos pretos. Mito, absurdo, superstição, o que é certo é que os gatos pretos fazem cruzar muitos dedinhos. Passar por eles Dá azar, dizem. O preto traz consigo o misticismo, e talvez seja essa a característica que me faça duvidar dessa espécie felina. Hum... muito misteriosos... deixa lá cruzar os meus, só para prevenir...


Brincos da Esquerda - na latribudescocottes.com / Brincos da Direita - na Etsy.com

Os gatos são astutos
Lá isso são! Quando ouço falar em gatos parece tudo tão poético - "óh, são tão fofinhos!". Fofinhos? Fofinhos - pergunto eu

Pois, o problema deve ser meu. Eu só vejo quatro patas a caminhar sorrateiramente, com o intuito premeditado de conseguirem o que querem. Lá vão eles e zás! Já está!


Brincos da Esquerda - na lesnereides.com / Brincos da Esquerda - na Estsy.com
Os gatos acham que são o Homem-aranha 
Eu acho que os gatos têm um distúrbio de identidade. Que animal no seu perfeito juízo, recebe os convidados do seu dono com um salto escancarado que culmina em fazer das nossas calças de ganga o seu porto de abrigo? Deviam inventar calças de ganga à prova de garras de gato. Eu compro! E as cortinas? Aquilo mais parece a dança do lençol vertical!!


É curioso que quase todos os meus amigos têm gatos. Um dia, numa dessas visitas a casa de uma amiga, recordo-me de ter apanhado o maior susto da minha vida! A minha amiga ausentou-se por uns minutos e fiquei sozinha na sala. Eu e a mobília - achava eu! Embrenhada nos meus pensamentos, algo "bufava" a uns escassos 3 mm da minha orelha. Petrifiquei. Percebi logo que estava metida em sarilhos. Era o diabo da gata, que me paralisava. Os seus olhos conseguiram alcançar os meus , numa curvatura acrobática da sua cabeça de esfinge. Ainda pensei em levantar-me mas no seu distúrbio de Homem-aranha agarrou as suas garras no meu cabelo e ficou assim, parada e a continuar a bufar... O que é que ela vai fazer a seguir? Aquilo estava a doer... a força dumas garras é algo de se respeitar! Fui salva pela minha amiga que ao entrar na sala e chamá-la de algo parecido com "fofinha", a danada saltou a correr para se pavonear nas suas pernas, toda dengosa! Parecia outra! Pois, pois... não és tu que me dás as whiskas ... sabes como é, disse-me ela!

Intriga-me essa fixação por gatos, é algo que nunca irei perceber. 

Queridos amigos e leitores, saibam que eu respeito muito este nobre espécime. Tanto, que até mantemos a distância considerada socialmente correta.

E com esta, vou ter-vos a todos à perna... mais me vale fugir! Adoro-vos a todos! :-)

Beijinhos da Ravioli com queijo! Y

SHARE:

2 comentários

  1. Não estás só. Gatos? São estarrecedores! Aqueles olhos belos mas pérfidos deixam-me paralisada.

    ResponderEliminar
  2. Não estás só. Gatos? São estarrecedores! Aqueles olhos belos mas pérfidos deixam-me paralisada.

    ResponderEliminar

© A Ravioli. All rights reserved.

Design by WE BLOG YOU